texto

GESTÃO DE CASOS CLÍNICOS NO CENTRO DE REFERÊNCIA E ATENDIMENTO AO IDOSO

09.11.2017 , Vitória/ES

A equipe do Centro de Referência e Atendimento ao Idoso (CRAI) planeja suas intervenções tendo como guia a Avaliação Multidimensional do Idoso (AMI) que abrange a avaliação integrada dos seguintes sistemas funcionais: cognição, humor/comportamento, mobilidade e comunicação, a partir da qual elabora o Plano de Cuidados de cada idoso.

Visando monitorar a trajetória terapêutica do idoso dentro do serviço para dar sustentação e efetividade a seu atendimento na perspectiva da integralidade, a equipe se encarrega da gestão dos casos, realizando estudos, discussões interdisciplinares e definindo as intervenções cabíveis, até a

decisão sobre a alta.

O gestor do caso tem a atribuição de verificar a implementação do Plano de Cuidados proposto para cada idoso, além do engajamento e assiduidade deste ao serviço.

O acompanhamento desses casos deve ser compartilhado com a Atenção Básica por meio de discussões com as equipes do território de residência do idoso e/ou outros setores afins,

por meio do Apoio Matricial em saúde do idoso.

VITÓRIA (ES). Secretaria Municipal de Saúde. Protocolo de organização do serviço: Centro de Referência e Atendimento ao Idoso – Vitória: 2016.


Compartilhe essa História

Comentários

Histórias Relacionadas

Mais Histórias (1)

PROTOCOLO DE ORGANIZAÇÃO DO SERVIÇO DO CENTRO DE REFERÊNCIA E ATENDIMENTO AO IDOSO

PROTOCOLO DE ORGANIZAÇÃO DO SERVIÇO DO CENTRO DE REFERÊNCIA E ATENDIMENTO AO IDOSO